29 de dezembro de 2008

Cool Things 27

Umas coisinhas bem bacanas ainda de 2008:

1) Entrevista com o Almah (Edu e Eu) pra maior revista de metal da Russia.




2) Não sei direito como é isso aqui. A princípio penso que alguém programa o visual disso e não tem ninguém jogando. Se já tem gente fazendo a músic que quer no jogo e o pior, alguém que jogue isso desse jeito só digo uma coisa: seu dia deve ter 60 horas.... rs ;) (Anyway, se alguém me explicar o que é isso exatamente...)

Birds of prey






Torn




3) E por último, a homenagem de uma fã no youtube...

Imperdível!


Ok, já devo ter dito que na minha vida muitas vezes as coisas acontecem de forma curiosa.

Há pouco tempo uma amiga falou bem de um filme que adorei, era o "Onde os fracos não têm vez." Excelente filme. Mais tarde, quando fomos conversar sobre o filme, ela me disse que havia outro em cartaz dos mesmos diretores (Joel e Ethan Coen) e que achava que eu ia gostar (Queime Depois de Ler). Já havia lido a respeito do trabalhos dos dois irmãos, mas não conseguia lembrar se já assistira algum de seus filmes.

Na semana passada, estava eu escolhendo um dos filmes da coleção Cinemateca Veja pra assistir. Dentre mais de uma dezena um em específico me chamou a atenção. Ainda lacrado, pude ver apenas a capa com o título do filme. Quando o abri e fui ler um pouco a respeito da obra veio a surpresa. O filme era Fargo, mais um da filmografia dos irmãos Coen. Não tive dúvida e botei pra rodar. Excelente filme!

Pra finalizar, ainda na semana passada, aproveitando o clima de férias, fui ao cinema assistir o tão aclamado Queime Depois de Ler. Na boa, achei simplesmente genial. MUITO, MUITO bom.

O interessante é que os três filmes são basicamente "sérios" mas os caras conseguem colocar umas pitadas de sarcasmo e humor negro que dão ao filme todo uma áura diferente. E sinceramente, no caso do Queme... a complexidade simplória da história ajuda a deixar tudo meio divertido. Além de ser uma excelente crítica a sociedade americana de maneira geral. Vale muito a pena assistir.

Obrigado pelas dicas KK. ;)

25 de dezembro de 2008

Trilha Sonora

Bom, não sei se mencionei aqui que sou um cinéfilo. Adoro filmes de variados gêneros e épocas, apesar de achar que a industria cinematográfica, de maneira geral, ultimamente tem lançado mais porcarias do que bons filmes.

Outro dia fui ao cinema e assisti Rede de Mentiras, com o Leonardo di Caprio e o Russel Crowe.

Por incrível que pareça eu respeito o Leonardo di Caprio. Acho que pra quem começou como mais um rostinho bonito de Hollywood ele acabou me surpreendendo a cada filme como em Prenda-me se for capaz, Infiltrados, O Aviador ou Diamantes de Sangue. legal ver o crescimento como ator dele e também a opção por papéis mais consistentes.

Na cena final do filme começou uma música que achei demais. Não reconheci de início apesar de achar a voz familiar... (Nesta o Axl canta numa região bem acima do que normalmente...) Ficamos esperqando os crédios até o final e não deu outra. Era uma das músicas do Chinese Democracy. Tenho ele aqui há algum tempo e o ouvi algumas vezes antes da tour. Gostei bastante, atual, moderno, bem cantado e tocado, produção impecável com uma sonzeira animal de todos os instrumentos mas ainda não tinha ouvido o suficiente pra lembrar com detalhes desta música. Sei que alguns esperavam um CD que soasse mais parecido com os antigos do Guns, mas gostei de verdade do novo trabalho.

Essa é a música da qual estou falando.

Abraços!

24 de dezembro de 2008

Letras 26

Empolguei aqui depois do post abaixo e resolvi postar uma compilação de alguns pensamentos de Aristóteles. Dentre muitos que encontram-se por aí esses são os que mais gosto:

"A inteligência é a insolência educada."

"Nós somos aquilo que fazemos repetidamente. Excelência, então, não é um modo de agir, mas um hábito."

"A amizade é uma alma com dois corpos."

"Um bom começo é a metade."

"O belo é o esplendor da ordem."

"A cultura é o melhor conforto para a velhice."

"O menor desvio inicial da verdade multiplica-se ao infinito à medida que avança."

"Ter muitos amigos é não ter nenhum."

"O sábio nunca diz tudo o que pensa, mas pensa sempre tudo o que diz."

"No fundo de um buraco ou de um poço, acontece descobrir-se as estrelas."

"O convidado é melhor juiz de uma refeição que o cozinheiro."

"O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete."

"[Em arte] O impossível verosímil é preferível ao possível não acreditável."

"O erro acontece de vários modos, enquanto ser correcto é possível apenas de um modo."

"A esperança é o sonho do homem acordado."

"A modéstia não pode ser considerada uma virtude, pois assemelha-se mais a um sofrimento do que a uma qualidade."

"A democracia surgiu quando, devido ao fato de que todos são iguais em certo sentido, acreditou-se que todos fossem absolutamente iguais entre si."

"Fazer o pior parece a melhor decisão."

"A felicidade e a saúde são incompatíveis com a ociosidade."

"O sábio procura a ausência de dor e não o prazer."

"Nunca existiu uma grande inteligência sem uma veia de loucura."

"A educação tem raízes amargas, mas os seus frutos são doces."

"O livro é um animal vivo."

"A coragem é a primeira das qualidades humanas porque garante todas as outras."

"A dúvida é o principio da sabedoria."

"Que vantagem têm os mentirosos? A de não serem acreditados quando dizem a verdade."

"Sê senhor da tua vontade e escravo da tua consciência."

"É lícito afirmar que são prósperos os povos cuja legislação se deve aos filósofos."

"O que você tem capacidade de fazer, tem capacidade também de não fazer."

"Um Amigo se faz rapidamente; já a amizade é um fruto que amadurece lentamente."

Revolução da Alma

Estive pensando em postar algo legal aqui como mensagem de fim de ano mas me faltaram palavras. Como este periodo do ano, normalmente é palco de reflexões, indagações, estabelecimento de novas metas e auto-avaliação lembrei-me deste texto quem tem e sempre terá a ver com tudo isso.

Trata-se da Revolução da Alma, texto escrito pelo filosofo grego Aristóleles, que escreveu tal texto no ano de 360 a.C. É incrível pensar o quão atual ainda é e será por muito tempo.

Boas festas!


Revolução da Alma

"Ninguém é dono da sua felicidade, por isso não entregues a tua alegria, a tua paz, a tua vida, nas mãos de ninguém, absolutamente de ninguém. Somos livres, não pertencemos a ninguém e não podemos querer ser donos dos desejos, da vontade ou dos sonhos de quem quer que seja.

.
A razão da tua vida és tu mesmo. A tua paz interior é a tua meta de vida. Quando sentires um vazio na alma, quando acreditares que ainda está faltando algo, mesmo tendo tudo, remete o teu pensamento para os teus desejos mais íntimos e busca a divindade que existe em ti. Pára de colocar a tua felicidade, cada dia, mais distante de ti.
.
A razão da tua vida és tu mesmo. A tua paz interior é a tua meta de vida. Quando sentires um vazio na alma, quando acreditares que ainda está faltando algo, mesmo tendo tudo, remete o teu pensamento para os teus desejos mais íntimos e busca a divindade que existe em ti. Pára de colocar a tua felicidade, cada dia, mais distante de ti.

.
Não coloques objectivos longe demais de tuas mãos, abraça os que estão ao teu alcance, hoje. Se andas desesperado por problemas financeiros, amorosos ou de relacionamentos familiares...

.
Busca no teu interior a resposta para te acalmares, tu és o reflexo do que pensas diariamente. Pára de pensar mal de ti mesmo e sê teu melhor amigo, sempre.

.
Sorrir significa aprovar, aceitar, felicitar. Então, abre um sorriso para aprovar o mundo que te quer oferecer o melhor.
Com um sorriso no rosto, as pessoas terão as melhores impressões de ti e tu estarás afirmando para ti mesmo, que estás “pronto“ para seres feliz.

.
Trabalha, trabalha muito a teu favor.
Pára de esperar a felicidade sem esforços.
Pára de exigir das pessoas, aquilo que nem tu conquistaste, ainda.
Critica menos, trabalha mais.

.
E não te esqueças, nunca, de agradecer.
Agradece tudo que está na tua vida neste momento, inclusive a dor.
A nossa compreensão do universo, ainda é muito pequena para julgar o que quer que seja na nossa vida.

.
A grandeza não consiste em receberes honras, mas, sim, em merecê-las."

23 de dezembro de 2008

Feliz natal e um maravilhoso 2009!

Como passei grande parte dos meses de novembro e dezembro longe de casa e já cheguei em Brasília com mil afazeres este ano não conseguí fazer um cartão de natal a tempo.

De qualquer forma, aproveito para agradecer todos os que estiveram presentes em minha vida de forma positiva este ano e também para desejar a todos um Natal maravilhoso e que mais do que presentes e comida boa, possamos nesta data, entrar em contato direto com o verdadeiro espírito natalino. O espírito da bondade, da fraternidade, soliedaridade e amor ao próximo. Se todos fizermos isso, sem dúvida nem será necessário desejar um excelente ano de 2009, vem de brinde...

;)

Beijos e abraços!

18 de dezembro de 2008

Cool Things 26

Gravação do clipe do Almah


Tô na maior correria aqui pra variar, então os posts estão "ralentando" rs...

De qualquer forma, não poderia deixar de registrar o meu contentamento. Chegamos em Brasília na segunda à noite, depois da excelente turnê realizada no nordeste. Já haviamos programado a vinda do diretor Rodrigo Giannetto pra cá com sua equipe para produzirmos o clipe de uma música do Almah. As cenas foram filmadas ostem e ficaram demais. Esperamos ansiosamente pela edição das imagens mas tenho certeza que vai ficar uma porrada!

Não posso postar muitas fotos por enquanto pra não entregar o ouro antes da hora... mas aí vai uma só pra dar o gostinho...


16 de dezembro de 2008

Home sweet home!

:)

10 de dezembro de 2008

Almah - International press about Marcelo's work at Fragile Equality

Uma pequena compilação de reviews sobre o meu trabalho no no FE. Obrigado a minha amiga Irina que cuida do meu blog em inglês. (http://marcelogtr-eng.blogspot.com/)


…“The guitar duo of Barbosa and Schrober proves its worth with fast riffs and Malmsteen influenced breaks proving the high performing potentials making this lineup solid as hell. Just listen to the insane riffs in the homonymous track that has also the title of the heaviest song with a neck-snapping rhythm. I think that ALMAH with this album can stand by their own if only the metalheads will not fall in the trap of considering them as ANGRA part two because they are not. The music follows the Power Metal with the confidence of two most experienced musicians (Falaschi and Andreoli) supported by three talented newcomers”.
Metal Temple (Greece), rating 4/5 (excellent)

…“Especially guitarist Marcelo Barbosa shows he controls his instrument perfectly, both in his solos as in his riffs”.
Lords Of Metal (Holland), rating 80/100

…“You have the volatile vocals of Falaschi which are reminiscent of Michael Kiske (HELLOWEEN) with the driving guitars of Marcelo Barbosa and Paulo Schroeber nothing can be better but hark-hooked filled tunes with riveting keyboards and a truly amazing timekeeper in drummer Marcelo Moreira is the binding element to it all”.
Rock Eyez, rating 4,5/5

…”If it’s not enough, we have also a sign of progressive technique which is pretty strong, thanks to “guitar heroes” Marcelo Barbosa and Paulo Schroeber”.
Novo Metal (Brazil), rating 9/10

…“Actually, Fragile Equality presents the work of inspired and technically perfect musicians. The solos of Marcelo are going one after another, pasted together like on a scotch-tape, and if his guitar mate Paulo is not so impressive on his solos parts, he gains revenge as a rhythmic guitarist on the other hand!” Pavillon 666 (France) 9/10

..."This album sees Edu team up with Felipe Andreoli once more, this time they bring in the guitar duo of Marcelo Barbosa and Paulo Schroeber and drummer Marcelo Moreira to complete an outstanding line-up that simply put ROCK! This fantastic album gets underway with rip snorting metal anthem ‘Birds Of Prey’, with the guitar duo getting things underway in fine style,(...) The last track was a great display of power and melody this time with ‘Magic Flame’, the mix of speed and melody are equally impressive especially Edu’s towering vocals along with the double kick mastery of Moreira and the splendid licks and riffs of Barbosa and Schroeber, as the pair battle in out with only one winner the listener."The Mayfair Mall Zine

...”Concerning “You’ll Understand”, the first song presented at Myspace, there are sound effects and a lot of drive in vocals; a short bass solo of Felipe Andreoli in the middle of the song making a kind of “bridge” to extensive double guitar solos of Paulo Schroeber and Marcelo Barbosa.Whiplash (Brazil), rating 9/10

:)

Japão

http://www.almahjapan.jp/biography/marcelo_barbosa.php

França

http://www.almahfrance.com/liens-cat-1-4.html

Em inglês

http://marcelogtr-eng.blogspot.com/

8 de dezembro de 2008

Cool Things 25

1) Passeio de Buggy pelas dunas de Jenipabu em Natal. (Não canso de repetir esse passeio...)

2) Matéria de 9 páginas na Cover Guitarra desse mês comigo e com o Paulo. Confiram!

28 de novembro de 2008

Almah em Brasília

YYYAAAAAYYY!!! Quero ver todos lá heim! ;)



Dia 19 de Dezembro no Blackout!

Vendas nos GTRs, Porão 666 (Tagua), Contato e Abriu pro Rock (Gama)

20 reais antecipado (Apenas 300) e 25 na hora

Era isso!

23 de novembro de 2008

ZZZZZZZZZZZZ

Hoje é domingo e depois de ter psssado uma pequena parcela da maratona que enfrentarei nos próximos dias finalmente pinta um dia livre, para recuperar as forças do corpo e colocar a cabeça no lugar para os próximos afazeres.

Tô em um quarto de hotel aqui em SP, lendo um pouco, navegando na net e ouvindo música e dei de cara com uma coisa que levantou o meu astral.

Resolvi compartilhar com vocês...

Bom domingo!

17 de novembro de 2008

Novo blog em inglês



http://marcelogtr-eng.blogspot.com/

Quem tem amigos realmente tem tudo...

Já faz tempo que penso em achar uma forma de me comunicar de maneira mais consistente com fãs e pessoas interessades em conhecer melhor o meu trabalho mas não dominam a lingua portuguesa. Fiz meu site pessoal há alguns anos e, naquela época, não senti a necessidade de ter uma versão em inglês do próprio mas as coisas mudaram, o interesse aumentou e principalmente depois do Almah isso se tornou algo simplesmente indispensável.

Esse segundo semestre de 2008 tem sido tão corrido que mesmo sabendo desta necessidade, não consegui tempo para saná-la. Ainda bem que existem os amigos e surpreendentemente a Irina (nossa parceira das terras firas da Russia) em pouquissimo tempo produziu um blog todo em inglês já com bastante coisa bacana. Não posso deixar de citar e agradecer mais uma vez o meu parceiro Gustavo Sazes (http://www.abstrata.net/), que do dia pra noite fez um lindo header, sempre com o seu inestimável bom gosto. (p.s Shredmaster é foda heim Gustavão HHHAahHAHAHAAHa, mas como cavalo dado não se olha os dentes... rs)

Abaixo o texto enviado pela a assessoria de imprenssa para os principais canais de comunicação do meio:

Marcelo Barbosa launches the official blog in English

Brazilian guitar player, the mastermind of the most famous Brazilian prog metal band KHALLICE and a part of Angra’s Edu Falaschi’s band ALMAH, the owner of GTR guitar institute and a guitar professor Marcelo BARBOSA is coming up to the English speaking world with the new information source. At the new official Marcelo Barbosa’s English news blog (http://marcelogtr-eng.blogspot.com/) you can get the complete information about the musician and his bands: articles, news, interviews, reports, pictures, link database and other interesting features directly from the musician and his team. Stay tuned and follow our frequent updates!

“Hi folks, I'm very glad to have this new space for interaction with you. I will try to be always in contact bringing the news and thoughts to share here. Thank you so much my friend Irina for this idea and the initiative, it will be very useful for me and for people who like my work”.


Marcelo Barbosa

14 de novembro de 2008

MB 1's Modificadas


Quem me conhece de perto sabe que tenho uma mente inquieta. Tô sempre pensando numa maneira melhor para se fazer algo ou resolver um problema ou dificuldade.

Pois bem, há algum tempo que eu estava com pequeno problema. No Almah, além de afinarmos em Eb, em algumas músicas usamos a afinação standard e em algumas a afinação conhecida como Drop D, onde a sexta corda é afinada um tom abaixo de sua afinação normal. Isso me gerou um problema, pois como as minhas guitarras signature são equipadas com Floyd Rose, eu teria ter que levar no mínimo quatro guitarras para a tour, duas principais, uma com cada afinação, e uma reserva pra cada. Além de encarecer o custo final de tudo com excesso de bagagem e tudo mais não conseguia me conformar com essa quantidade de instrumentos para as viagens, já que estamos trabalhando com uma equipe reduzida por enquanto.
Apesar de achar o incrível solucionador de problemas abaixo muito engraçado ele em nada poderia ajudar nesta caso:


Ok, quem já teve ou tem uma Wolfgang (modelo do Van Hallen lançado pela Peavey) conhece o D Tuna que é uma pecinha, inventada pelo próprio VH (pelo que dizem) que permite a troca de afinação rápida da sexta corda de E para D. O problema é que nas guitarras como as do VH, usa-se uma ponte modelo Floyd Rose, mas com ela encostada na madeira, podendo ser usada apenas para baixo. (Veja a ilustração)



No meu caso, uso a ponte flutuante, com a cava atrás da Floyd Rose permitindo usa-la pra cima e pra baixo. Isso de cara gerou dois problemas:

1) O D tuna iria encostar no corpo da guitarra quando eu puxasse a alavanca pra cima limitanto o seu movimento e "ferindo" a pintura da guitarra.

2) Quando eu acionasse o D tuna ele afinaria a sexta corda em D, mas as outras cinco cordas sofreriam uma pequena desafinação.

Ok, para o primeiro problema a solução era relativamente simples, mandar cavar um pouco mais a madeira das guitarras a pondo do D Tuna caber perfeitamente sem atrapalhar a utilização da Floyd. Mandei duas MB1's, uma preta e uma SB para os meus parceiros da Tagima e o meu amigo Willian (haja paciencia comigo heim bro... rs) comandou tudo me devolvendo as guitarras com um acabamento simplesmente impecável.


Para o segundo problema tive que usar outro brinquedo. O Tremol-no não é nada conhecido, pelo menos no Brasil mas é bem interesante. Com instalação bem simples, através a rápida regulagem entre três parafusos você pode optar por deixar a sua ponte flutuante de três formas: flutuante, fixa ou mexendo apenas para baixo.

Segue um video de demonstração encontrado no Youtube:


Aqui as fotos detalhadas do Tremol no já instalado:




Já fiz alguns testes aqui e funcionou perfeitamente. Agora posso viajar com duas guitarras por enquanto pois qualquer uma das duas serve como titular ou reserva pras duas afinações usadas. A única limitação é que em uma das duas afinações a guitarra terá que estar ou com a ponte presa (fixa) ou só descendo. Mas por enquanto tá resolvido e se Deus quiser em breve não terei mais que me preocupar com limitação de número de instrumentos em turnê.





Quem sabe futuramente não convenço a Tagima a lançar a MB-1 já com o D tuna e o Tremol no devidamente instalados... Ou ao menos ter disponível a versão dela com os acessórios, algo tipo uma MB-1 Mod... rs Mas isso vai depender do interesse do mercado. Tá aí a idéia. ;)
Obrigado aos amigos da Tagima por toda a preteza, dedicação e carinho que sempre me tratam. As guitarras estão matadoras!
Abraços!

Como diria Jack o Estripador...

Vai começar a tour do Almah mas infelizmente não tenho acesso a todos os cartazes pra postar aqui. Vou postando aos poucos os que cairem na minha mão ok?

Detalhe para a viagem BSB/SP/BSB/SP que terei que fazer para cumprir um compromiso previamente agendado aqui em Brasília com o Khallice. Não vai ser a semana mais tranquila da minha vida.... disso eu tenho certeza.

Quarta, 19/11

Sexta 21/11


Sábado, 22/11 tem show em São Bernardo/SP

Sexta 28/11 Americana/SP


O que !?!?!?!

11 de novembro de 2008

MEDO!

OK, um amigo me mostrou esse site que supostamente funciona da seguinte maneira:
Você pensa em uma pessoa, qualquer uma no mundo, (se pensar em alguém famoso é mais fácil de dar certo) o "gênio" te faz algumas poucas perguntas e em seguida te diz em quem você está pensando.

Impossível né? NÃO! Rs...

Acerta na grande maioria das vezes....

Morri de rir aqui, muito divertido.

www.devinettor.com

:)

Sorte no business!

5 de novembro de 2008

Shine on!

Hoje o dia realmente amanheceu diferente... :)


Parabéns negão! Você e todos nós merecemos!

1 de novembro de 2008

Novo site do Almah no ar!!!


O novo site do Almah acaba de entrar no ar. Foi feito pelo Gustavo Sazes, meu parceiro de tantas empreitadas e tá bem bonitão.

Espero que curtam.

www.almah.com.br

30 de outubro de 2008

Letras 25

Tive acesso a este post através do site do meu amigo Serj. Fiquei impressionado como ele retrata em palavras exatamente o que eu penso. Sou um grande admirador do Steve Jobs e não é a toa que o homem chegou onde chegou...

"Sometimes life hits you in the head with a brick. Don't lose faith. I'm convinced that the only thing that kept me going was that I loved what I did. You've got to find what you love. And that is as true for your work as it is for your lovers. Your work is going to fill a large part of your life, and the only way to be truly satisfied is to do what you believe is great work. And the only way to do great work is to love what you do. If you haven't found it yet, keep looking. Don't settle. As with all matters of the heart, you'll know when you find it. And, like any great relationship, it just gets better and better as the years roll on. So keep looking until you find it.

Don't settle.

Your time is limited, so don't waste it living someone else's life. Don't be trapped by dogma — which is living with the results of other people's thinking. Don't let the noise of others' opinions drown out your own inner voice. And most important, have the courage to follow your heart and intuition. They somehow already know what you truly want to become. Everything else is secondary".


Steve Jobs Stanford Commencement Speech 2005

Imagens 17

Duas músicas filmadas no show do Khallice com Symphony X. Espero que curtam!




27 de outubro de 2008

Reflexão sobre a percepção de valor intrínseco II

Esse video pra mim tem tudo a ver com o primeiro post sobre isso.

Retrata exatamente o que acho de certas "manifestações artisticas". Consigo imaginar claramente as explicações e os elogios que algumas pessoas fariam se vissem só o resultado final do video...rs

Vale a pena ver até o fim.

P.s Divirta-se Varotto!

23 de outubro de 2008

Letras 24

Take the Time
(Dream Theater)

Just let me catch my breath...
I've heard the promises
I've seen the mistakes
I've had my fair share of tough breaks
I need a new voice
A new law, a new way
Take the time, reevaluate
It's time to pick up the pieces
Go back to square one
I think it's time for a change

There is something that I feel
To be something that is real
I feel the heat within my mind
And craft new changes with my eyes
Giving freely wandering promises
A place with decisions I'll fashion
I won't waste another breath

You can feel the waves coming on
(It's time to take the time)
Let them destroy you or carry you on
(It's time to take the time)
You're fighting the weight of the world
But no one can save you this time
Close your eyes
You can find all you need in your mind

The unbroken spirit
Obscured and disquiet
Finds clearness this trial demands
And at the end of this day
Sighs an anxious relief
For the fortune lies still in his hands

If there's pensive fear, a wasted year
A man must learn to cope
If his obsession's real
Suppression that he feels must turn to hope

Life is no more assuring than love
(It's time to take the time)
There are no answers from voices above
(It's time to take the time)
You're fighting the weight of the world
And no one can save you this time
Close your eyes
You can find all you need in your mind

I close my eyes
And feel the water rise around me
Drown the bear of time
Let my senses fall away
I can see much clearer now
I'm blind

Find all you need in your mind
If you take the time

Letras 23

Just let me breath
(Dream Theater)

Open your eyes
And turn off your mind
Step right up folks
"step right up folks"
And you will find
A growing trend
An epidemic
Spread with zen
And hypodermics, yeah
Yeah

Just close your mind
You can find all you need with your eyes

The big machines take care of you
Until you kill yourself
And then the sales go through the roof
Calculated, formulated
Feed my head with simple thoughts
And let me breathe instead of being taught
All bottled up and tearing at the seams
I'm bored
Just let me breathe

A daily dose of emptyv
Will flush your mind right down the drain
Shannon hoon and kurt cobain,
Make yourself a household name, yeah-yeah
Yeah

Just close your mind
You can find all you need with your eyes

The big machines take care of you
Until you kill yourself
And then the sales go through the roof
Calculated, formulated
Feed my head with simple thoughts
And let me breathe instead of being taught
All bottled up and tearing at the seams
I'm bored
Just let me breathe

Strike up your best angst ridden posture, whoa
Manufactured anger
Let's not forget my legacy
All my heroes have failed me
Now they're dead and buried, yeah

Just close your mind
You can find all you need with your eyes

The big machines will take care of you
Until the fashion fades
And the checks go through
My bankroll's red
And my face is blue
And still they'll turn their backs on me for someone new

Feed my head
With some real thoughts
And let me think instead
Of being taught
I'll say things
You won't believe
Just stand back
Just let me breathe...

22 de outubro de 2008

Reflexão sobre a percepção de valor intrínseco

Bom, o conteúdo abaixo chegou às minhas mãos pelo meu amigo Varotto e posso dizer que fiquei tanto entusiasmado como triste. É incrível como o ser humano é de maneira geral medíocre, manipulável e insensível. Pode parecer uma experiência simples mas, a meu ver, diz muito muito muito sobre nós. Segue o texto e o video:


Reflexão sobre a percepção de valor intrínseco

Aquela poderia ser mais uma manhã como outra qualquer. Eis que o sujeito desce na estação do metrô: vestindo jeans, camiseta e boné, encosta-se próximo à entrada, tira o violino da caixa e começa a tocar com entusiasmo para a multidão que passa por ali, bem na hora do rush matinal. Mesmo assim, durante os 45 minutos que tocou, foi praticamente ignorado pelos passantes.

Ninguém sabia, mas o músico era Joshua Bell, um dos maiores violinistas do mundo, executando peças musicais consagradas num instrumento raríssimo, um Stradivarius de 1713, estimado em mais de 3 milhões de dólares.

Alguns dias antes Bell havia tocado no Symphony Hall de Boston, onde os melhores lugares custam a bagatela de mil dólares. A experiência, gravada em vídeo, mostra homens e mulheres de andar ligeiro, copo de café na mão, celular no ouvido, crachá balançando no pescoço, indiferentes ao som do violino. A iniciativa realizada pelo jornal The Washington Post era a de lançar um debate sobre valor, contexto e arte.

A conclusão: estamos acostumados a dar valor às coisas quando estão num contexto. Bell era uma obra de arte sem moldura. Um artefato de luxo sem etiqueta de grife. Esse é um exemplo daquelas tantas situações que acontecem em nossas vidas que são únicas, singulares, e a que não damos a menor bola porque não vêm com a etiqueta de seu preço. O que tem valor real para nós, independentemente de marcas, preços e grifes? É o que o mercado diz que você deve ter, sentir, vestir ou ser?

Essa experiência mostra como na sociedade em que vivemos os nossos sentimentos e a nossa apreciação de beleza são manipulados pelo mercado, pela mídia, e pelas instituições que detém o poder financeiro. Mostra-nos como estamos condicionados a nos mover quando estamos no meio do rebanho.



Maiores detalhes sobre o experimento em:

http://www.washingtonpost.com/wp-dyn/content/discussion/2007/04/06/DI2007040601228.html

20 de outubro de 2008

Fragile Equality e Inside Your Head

Pra quem tiver o interesse, estamos com algumas unidades dos CD Fragile Equality - Almah e do EP Inside Your Head - Khallice pra vender no GTR da 111 sul.

Muita gente andou procurando e resolvi disponibilizar algumas cópias para a venda por aqui.

O FE pode ser encontrado nas grandes lojas do gênero, mas o Inside Your Head foi lançado apenas para o show do DT mas depois de muitos pedidos acabamos optando por fazer mais uma tiragem. Estaremos vendendo este materia no show com o Symphony X também.

Informações pelo fone 61 3245 7140

Abraços!





18 de outubro de 2008

Letras 22

Meio velho mas, infelizmente, ainda super atual...

Só de Sacanagem - Elisa Lucinda, 12 de agosto de 2005.

Meu coração está aos pulos;
Quantas vezes minha esperança será posta à prova?

Por quantas provas terá ela que passar?
Tudo isso que está aí no ar,
malas, cuecas que voam entupidas de dinheiro,
do meu dinheiro, que reservo duramente para educar
os meninos mais pobres que eu, para cuidar
gratuitamente da saúde deles e dos seus pais,
esse dinheiro viaja na bagagem da impunidade e eu não posso mais.

Quantas vezes, meu amigo, meu rapaz, minha confiança vai ser posta à prova?
Quantas vezes minha esperança vai esperar no cais?

É certo que tempos difíceis existem para aperfeiçoar o aprendiz,
mas não é certo que a mentira dos maus brasileiros venha quebrar no nosso nariz.

Meu coração está no escuro, a luz é simples, regada ao conselho simples de meu pai, minha mãe, minha avó e dos justos que os precederam: “Não roubarás”, “Devolva o lápis do coleguinha”, Esse apontador não é seu, minha filhinha”.

Ao invés disso, tanta coisa nojenta e torpe tenho tido que escutar.
Até habeas corpus preventivo, coisa da qual nunca tinha ouvido falar
e sobre a qual minha pobre lógica ainda insiste:
esse é o tipo de benefício que só ao culpado interessará.

Pois bem, se mexeram comigo,
com a velha e fiel fé do meu povo sofrido,
então agora eu vou sacanear:
mais honesta ainda vou ficar.

Só de sacanagem!

Dirão: “Deixa de ser boba, desde Cabral que aqui todo o mundo rouba” e eu vou dizer: Não importa, será esse o meu carnaval, vou confiar mais e outra vez. Eu, meu irmão, meu filho e meus amigos, vamos pagar limpo a quem a gente deve e receber limpo do nosso freguês.

Com o tempo a gente consegue ser livre, ético e o escambau.
Dirão: “É inútil, todo o mundo aqui é corrupto, desde o primeiro homem que veio de Portugal”.
Eu direi: Não admito, minha esperança é imortal.

Eu repito, ouviram?
IMORTAL!

Sei que não dá para mudar o começo mas, se a gente quiser,vai dar para mudar o final!

;)

14 de outubro de 2008

Lidos!

A Expomusic serviu para, além de muitas outras coisas, ter um pouco de tempo para ler também.

Desde meu último post sobre o assunto fechei esses aqui:




Por incrível que pareça, esse nada tem a ver com finanças. É interessante mas o que mais me agradou é que me botou em contato com a teoria 80/20, também conhecido como princípio de pareto. ( http://gl.wikipedia.org/wiki/Principio_de_Pareto)






Sobre os arquétipos masculinos. Tão bom e indispensável quanto O Rei Dentro de Nós, da mesma série e autores.



Todos deveriam ler esse. Principalmente as mulheres. Minhas caras amigas... Só admito certas reclamações a partir de agora depois de lerem esse livro. Cansei de tentar convencê-las das particularidades inerentes a cada um dos sexos.... rs Agora é pré requisito pra qualquer conversa referente a homens/mulheres... :)

6 de outubro de 2008

SX e Khallice!


3 de outubro de 2008

ALMAH lança a sua pagina oficial na Russia


Especialmente para os fãs russos, e na véspera do lançamento mundial de Fragile Equality, o ALMAH lança a sua página oficial na Rússia (http://almah.metalcommunity.ru/ ). No referido site, os fãs poderão encontrar muitas novidades, artigos e informações completas sobre a banda. A criação e manutenção serão feitos pela comunidade Power Of Metal, sendo apoiada pelo ALMAH, AFM Records e CD-Maximum.
Fragile Equality será lançado no próximo dia 24 de setembro, e a turnê em seu suporte já está sendo agendada.

And here are again the links to my pages:



My section


My bio


Thanks a lot Irina for all your great support from the other side of the world!


:)

17 de setembro de 2008

Cool Things 24

Acabo de receber por email os primeiros comentários publicados na mídia especializada europeia sobre o Fragile Equality. Fiquei MUITÍSSIMO feliz com esses primeiros resultados e não poderia deixar de compartilha-los com vocês!

“Sensational, fresh and up-to-date power metal with haunting melodies and charismatic appeal. My album of the year 2008 so far!” (Rock Hard)

"A definitive must-have for lovers of Helloween´s “Keeper…” times and early Angra!” (Metal Hammer)

“A hurricane of positive power, delight in playing and pure, first class melodic metal. Highly recommendable!” (Rock It)

“If you like Masterplan and Angra, you will love “Fragile Fragility” from ALMAH. 10 songs, 10 killers! Best power metal album released in 2008!” (Heavy)

“Angra meets Masterplan and Kamelot. Melodic, powerful, intense, progressive - this album has it all! (Break Out)

“Outstanding songwriting, perfect musical skills and the voice of Edu Falaschi in the best shape of his career make this a must have Far better than their first album!” (Hardline)

16 de setembro de 2008

Expomusic 2008

Mais uma Expomusic está chegando e desta vez, além da intensa programação usual teremos o primeiro show da tour do Fragile Equality. Segue abaixa minha agenda com os horários de apresentações e sessões de autógrafos. Encontro com voces lá ok?


Terça-feira 23/09

Tagima Dream Team

16:30 – Workshop

Quarta-feira 24/09

13:45 – Workshop na NIG (Marcelo Barbosa e Felipe Andreoli)
18:15 – Workshop na NIG (Marcelo Barbosa e Felipe Andreoli)

Quinta-feira 25/09

13:45 – Workshop na NIG (Marcelo Barbosa e Felipe Andreoli)
16:20 – Workshop na Tagima
18:15 – Workshop na NIG (Marcelo Barbosa e Felipe Andreoli)

Sexta-feira 26/09

13:45 – Workshop na NIG (Marcelo Barbosa e Felipe Andreoli)
15:30 – Workshop na Tagima
17:00 – Sessão de autógrafos na Tagima
18:15 – Workshop na NIG (Marcelo Barbosa e Felipe Andreoli)
20:00 – Sessão de autógrafos com o Almah na Audio Technica

Sábado 27/09


13:45 – Workshop na NIG (Marcelo Barbosa e Felipe Andreoli)
14:40 – Sessão de autógrafos com o Almah na Tagima
17:00 – Sessão de autógrafos na Tagima
18:15 – Workshop na NIG (Marcelo Barbosa e Felipe Andreoli)

Domingo 28/09


15:00 – Show com o Almah no Music Hall
16:00 – Promoção Guitar Battle na NIG
17:00 – Sessão de autógrafos na Tagima
18:00 – Sessão de autógrafos com o Almah na Yamaha
19:40 – Workshop na Tagima

Tic Tac Tic Tac...

Tô postando pouco aqui mas é por uma boa razão. A correria tá grande e em momento de pré Expomusic e ao mesmo tempo pré lançamento do Fragile Equality estou tentando deixar tudo em ordem, preparado para minha ida a SP.

Não tem sobrado muito tempo, apenas um filminho de vez em quando. Afinal ninguém é de ferro.... Revi O Touro Indomável, grande clássico do Scorsese, com o De Niro ainda nos seus vinte e poucos anos. Filmaço! Passando pra Coppola, depois de mais de quinze anos vi novamente O Poderoso Chefão I. Só posso dizer que tenho a clara impressão que mesmo os filmes bons de hoje em dia não são tão bons quantos os filmes bons de outrora. Tudo bem... existem exceções (como, em minha opinião, Matrix, Seven, Brilho Eterno, O silêncio dos inocentes etc ) Enfim...

Semana passada passei algumas muitas horas montando o meu novo setup de pedais também. Resolvi colocar umas coisas que estavam paradas aqui em casa pra funcionar e já toquei sábado com o novo equipamento (incluindo o Mark IV). Deu um puta trabalho e ainda faltam alguns ajustes mas valeu pelo resultado. O som tá demais. Seguem fotos...




Aos neuróticos (como eu, rs) de plantão: No momento das fotos eu estava cabeando e testando as conexões dos pedais. Ou seja, não adianta anotar as regulagens dos pedais pois a posição dos botões nesta foto nao condizem necessariamente com as regulagens que uso. Se quiserem depois eu tiro uma foto dos pedais sendo usados, com as regulagens corretas ok? ;)

Abraços!




7 de setembro de 2008

News

Nesta semana tanta coisa aconteceu que nem sei por onde começar...

Saiu uma matéria e um anúncio sobre o Fragile Equality na revista Burrn do Japão. Pra quem não sabe, esta é a revista de metal mais importante do país.

Não vou postar a entrevista toda poque acredito que a maioria não lê em japonês. Mas segue o anúncio e também a capa da matéria.






Acaba de sair uma entrevista exclusiva comigo no site Guitar Clinic. Tá bem bacana e vale à pena conferir.




Em Português:

http://www.guitar-clinic.net/noticia_detalhe.asp?idioma=1&id_sessao=1&id_noticia=881


Em Inglês:

http://www.guitar-clinic.net/noticia_detalhe.asp?idioma=1&id_noticia=882


Outra novidade é que acabei de comprar um Mesa Boogie Mark IV. Desde moleque que sou pirado nesse amp e nunca havia comprado um. Cheguei a ter um Mark III por um tempo... um excelente amp, diga-se de passagem, mas faltava ter esse aqui. Em janeiro deste ano estive mais uma vez em Los Angeles e quase trouxe um de lá. Dólar baixo, possibilidade de comprar por um preço bom... enfim tudo conspirava a favor. Deixei pra comprar no último dia antes de ir para o aeroporto pra não ficar carregando 35 kg pela viagem. Pra minha frustração, a loja da Mesa só abre às 11 da manhã e eu não sabia. Resultado: não deu tempo de comprar antes de viajar e mais uma vez a compra foi adiada. Outro dia entrei no site da Mesa e levei um susto quando cliquei no link do Mark IV e apareceu: "produto descontinuado". Na mesma hora entrei em contato com um grande amigo meu, que mora em San Diego que prontamente falou com a Mesa e conseguiu comprar o ÚLTIMO que eles tinham na loja de LA. Essa semana ele chegou aqui em casa e estou me sentindo uma criança com brinquedo novo. Meu MUITÍSSIMO obrigado ao Raposão! Sempre mega prestativo e ajudando a realizar as ambições dos brothers!


Pra finalizar o post, ontem e anteontem toquei no GTR Guitar Festival, evento realizado pela minha escola de música, o GTR. Só gostaria de ressaltar o quão feliz e orgulhoso fiquei de ouvir e tocar com essa galera super talentosa e gente boa. Bruno Albuquerque, Lucas Fagundes e todo mundo que participou do evento botou pra quebrar. Quem esteve lá curtiu um evento de nível musical altíssimo e isso é resultado de muito trabalho e dedicação. Mil coisas me passaram pela cabeça a noite inteira. Lembrei dos caras molecões de tudo chegando pra fazer aula e agora lá, com um trampo de nível internacional e destruindo a guitarra. Muito legal. Parabéns mais uma vez galera! Vocês merecem!

1 de setembro de 2008

GTR Guitar Festival!



Espero vocês lá!

28 de agosto de 2008

Guitarras - Fragile Equality

Só agora consegui fazer um video tocando algumaspartes do CD do Almah. Depois de muita luta aprendi a mexer no básico do Vegas 8.0 (obrigado ao Moreira, que me tirou altas dúvidas) e gravei e editei esse videozinho aqui pra galera.

Espero que curtam o video e, obviamente, dos solos. ;)


27 de agosto de 2008

Homem Perfeito

Mais um texto recebido de uma amiga. Tô tentando ajudar minhas amigas aqui... mas nem todas querem ajuda...rs

É claro que não concordo com 100% mais uma vez. Mas é bem interessante e divertido. Agora é esperar as feministas de plantão (que sempre afirmo que na verdade são machistas) cozinharem meu fígado... rs

Não acho que seja mesmo do Arnaldo Jabor... independente disso aí vai...


Homem Perfeito

Não existe homem fiel. Você já pode ter ouvido isso algumas vezes, mas afirmo com propriedade. Não é desabafo. É palavra de homem que conhece muitos homens e que conhecem, por sua vez, muitos homens. Nenhum homem é fiel, mas pode estar fiel, ou porque está apaixonado, (algo que não dura muito tempo - no máximo alguns meses - nem se iluda) ou porque está cercado por todos os lados (veremos adiante que não adianta cercá-lo, isso vai se voltar contra você). A única exceção é o crente extremamente convicto. Se você quer um homem que seja fiel, procure um crente daqueles bitolados, mas agüente as outras conseqüências.

Não desanime. O homem é capaz de te trair e de te amar ao mesmo tempo. A traição do homem é hormonal, efêmera, para satisfazer a lascívia. Não é como a da mulher. Mulher tem que admirar para trair; ter algum envolvimento. O homem só precisa de uma banda. A mulher precisa de um motivo para trair, o homem precisa de uma mulher.

Não fique desencantada com a vida por isso. A traição tem seu lado positivo. Até digo, é um mal necessário. O cara que fica cercado, sem trair, é infeliz no casamento, seu desempenho sexual diminui (isso mesmo, o desempenho com a esposa diminui), ele fica mal da cabeça. Entenda de uma vez por todas: homens e mulheres são diferentes. Se quiser alguém que pense como você, vire lésbica (várias já fizeram isso e deu certo), ou case com um gay enrustido que precisa de uma mulher para se enquadrar no modelo social. Todo ser humano busca a felicidade, a realização. E a realização nada mais é do que a sensação de prazer (isso é química, está tudo no cérebro).

A mulher se realiza satisfazendo o desejo maternal, com a segurança de ter uma família estruturada e saudável, com um bom homem ao lado que a proteja e lhe dê carinho. O homem é mais voltado para a profissão e para a realização pessoal e a realização pessoal dele vêm de diversas formas: pode vir com o sentimento de paternidade, com uma família estruturada etc. Mas nunca vai vir se não puder ter acesso a outras fêmeas e se não puder ter relativo sucesso na profissão.

Se você cercar seu homem (tipo, mulher que é sócia do marido na empresa), o cara não dá um passo no dia-a-dia (sem ela) você vai sufocá-lo de tal forma que ele pode até não ter espaço para lhe trair, mas ou seu casamento vai durar pouco, ele vai ser gordo (vai buscar a fuga na comida) e vai ser pobre por que não vai ter a cabeça tranqüila para se desenvolver profissionalmente (vai ser um cara sem ambição e sem futuro).

Não tente mudar para seu homem ser fiel. Não adianta. Silicone, curso de dança sensual, se vestir de enfermeira etc... Nada disso vai adiantar. É lógico que quanto mais largada você for, menor a vontade do homem de ficar com você e maior as chances do divórcio. Se perfeição adiantasse, Julia Roberts não tinha casado três vezes. Até Gisele Bündchen foi largada por Di Caprio. Não é você que vai ser diferente (mas é bom não desanimar e sempre dar aquela malhadinha).

O segredo é dar espaço para o homem viajar nos seus desejos (na maioria das vezes, quando ele não está sufocado pela mulher, ele nem chega a trair, fica só nas paqueras, (troca de olhares). Finja que não sabe que ele dá umas pegadas por fora. Isso é o segredo para um bom casamento. Deixe ele se distrair, todos precisam de lazer.

Se você busca o homem perfeito, pode continuar vendo novela das seis. Eles não existem nesse conceito que você imagina. Os homens perfeitos de hoje são aqueles bem desenvolvidos profissionalmente, que traem esporadicamente (uma vez a cada dois meses, por exemplo), mas que respeitam a mulher, ou seja, não gastam o dinheiro da família com amantes, não constituem outra família, não traem muitas vezes, não mantêm relações várias vezes com a mesma mulher (para não criar vínculos) e, sobretudo, são muuuuuito discretos: não deixam a esposa e nem ninguém da sua relação, como amigas, familiares saberem.

Só, e somente só, um amigo ou outro dele deve saber, faz parte do prazer do homem contar vantagem sexual. Pegar e não falar para os amigos é pior do que não pegar. As traições do homem perfeito geralmente são numa escapolida numa boite, ou com uma garota de programa (usando camisinha e sem fazer sexo oral nela), ou mesmo com uma mulher casada de passagem por sua cidade. O homem perfeito nunca trai com mulheres solteiras. Elas são causadoras de problemas. Isso remete ao próximo tópico.

Esse tópico não é para as esposas, é só para as solteiras e amantes.

Esqueçam de uma vez por todas esse negócio de que homem não gosta de mulher fácil. Homem adora mulher fácil. Se 'der' de prima então, é o máximo.Todo homem sabe que não existe mulher santa. Se ela está se fazendo de difícil ele parte para outra. A oferta é muito maior do que a procura. O mercado está cheio de mulher gostosa. O que homem não gosta é de mulher que liga no dia seguinte. Isso não é ser fácil, é ser problemática (mulher problema). Ou, como se diz na gíria, é pepino puro. O fato de você não ligar para o homem e ele gostar de você não quer dizer que foi por você se fazer de difícil, mas sim por você não representar ameaça para ele.Ele vai ficar com tanta simpatia por você que você pode até conseguir fisgá-lo e roubá-lo da mulher. Ele vai começar a se envolver sem perceber. Vai começar a te procurar. Se ele não te procurar, era porque ele só queria aquilo mesmo. Parta para outro e deixe esse de stand by. Não vá se vingar, você só piora a situação e não lucra nada com isso. Não se sinta usada, você também fez uso do corpo dele – faz parte do jogo; guarde como um momento bom de sua vida.

90% dos homens não querem nada sério.Os 10% restantes estão momentaneamente cansados da vida de balada ou estão ficando com má fama por não estarem casados ou enamorados; por isso procuram casamento. Portanto, são máximas as chances do homem mentir em quase tudo que te fala no primeiro encontro (ele só quer te comer, sempre). Não seja idiota, aproveite o momento, finja que acredita que ele está apaixonado, dê logo para ele (e corra o risco de fisgá-lo) ou então nem saia com ele. Fazer doce só agrava a situação. Estamos em 2007 e não em 1957. Esqueça os conselhos da sua avó, os tempos são outros.

Para ser uma boa esposa e para ter um casamento pelo resto da vida faça o seguinte:Tente achar o homem perfeito, dê espaço para ele.Não o sufoque. Ele precisa de um tempo para sua satisfação. Seja uma boa esposa, mantenha-se bonita, malhe, tenha uma profissão (não seja dona-de-casa), seja independente e mantenha o clima legal em casa. Nada de sufocos, de 'conversar sobre a relação', de ficar mexendo no celular dele, de ficar apertando o cerco etc. Você pode até criar 'muros' para ele, mas crie muros invisíveis e não muito altos. Se ele perceber ou ficar sem saída, vai se sentir ameaçado e o casamento vai começar a ruir.

Se você está revoltada por este texto, aqui vai um conselho: vá tomar uma água e volte para ler com o espírito desarmado. Se revoltar com o que está escrito não vai resolver nada em sua vida. Acreditar que o que está aqui é mentira ou exagero pode ser uma boa técnica (iludir-se faz parte da vida, se você é dessas, boa sorte!). Mas tudo é a pura verdade. Seu marido/noivo/namorado te ama, tenha certeza, senão não estaria com você, mas trair é como um remédio; um lubrificante para o motor do carro. Isso é científico. O homem que você deve buscar para ser feliz é o homem perfeito. Diferente disso, ou é crente, ou gay ou tem algum trauma (e na maioria dos casos vão ser pobres). O que você procura pode ser impossível de achar, então, procure algo que você pode achar e seja feliz ao invés de passar a vida inteira procurando algo indefectível que você nunca vai encontrar. Espero ter ajudado em alguma coisa.

Arnaldo Jabor

26 de agosto de 2008

Cool Things 23

Na última vez que o khallice foi tocar em Fortaleza fomos surpreendidos por vários outdoors distribuidos pela cidade, divulgando o evento do qual fomos participar, com os nomes das nabandas headliners. Muito legal, Amaudson & Cia sempre fazendo um excelente trabalho!



18 de agosto de 2008

Nova entrevista!

Outro dia dei uma entrevista para o site Oceania Rock.

Pra quem quiser conferir segue o link:

http://www.oceaniarock.com/

15 de agosto de 2008

TKD!

As Olimpíadas e a Copa do Mundo sempre mexem com o inconsciente coletivo. No meu caso também com o consciente. Adoro assistir qualquer modalidade (só durante as Olimpíadas). É muito emocionante saber que ali estão os melhores do mundo no que que eles fazem. no que escolheram fazer. Imaginar a vida de escolhas, privações e sacrifícios que muitas vezes têm que viver para um dia poder estar ali entre os melhores do mundo. Assistir alguém ganhar medalha de ouro então sempre foi um grande prazer. Não importa a nacionalidade ou o esporte... tá, pra ser sincero, digamos que por algum motivo obscuro, se a nacionalidade não for de um país de primeiro mundo me emociona ainda mais. Dá um frio na barriga, umas sensação parecida com angústia mas sei lá como é bom. Dá um orgulhe pelo feito de outrem. Um orgulho alheio eu diria...rs

Há muitos anos treino Taekwondo, uma arte marcial coreana que, salvo engano, vai participar das Olimpíadas pela terceira vez valendo no quadro de medalhas. (A primeira vez foi como esporte demonstrativo acho que há uns 20 anos) Desde moleque que eu curto artes marciais. Minha mãe me colocou no caratê ainda com uns 11 ou 12 anos de idade e depois disso mudei algumas vezes de modalidade até encontrar o TKD aos 16 anos e fincar raízes profundas neste maravilhoso esporte.

O fato é que apesar de ser uma luta extremamente praticada em muitos países do mundo ainda é relativamente pouco conhecida no Brasil. Muita gente já ouviu falar mas não sabe direito do que se trata. Resumidamente, bem resumidamente é um boxe com as pernas. (um dos motivos que optei pelo TKD, já que machucar as mãos dando socos estava fora de cogitação pra quem queria seguir a carreira de músico) Qualquer chute acima da linha da cintura vale mas só são pontuados os golpes que atingirem o protetor de tórax (1 ponto) ou a cabeça (2 pontos). Mesmo acertando o protetor de tórax, para se pontuar é necessário que o chute seja encaixado, preciso e com potencia. Não é só encostar o pé. No TKD o knockout é permitido, mas não é algo tão frequente pelo uso dos protetores. O esporte chama a atenção pela plasticidade com chutes altos, rodados e vez ou outra as populares "voadoras" mas é claro que, como é vida real e não filme, as lutas muitas vezes são mais paradas, dependendo do estilo do atleta.

Tudo isso é pra dizer que o TKD começa dia 19 nos jogos olímpicos e que temos bons brasileiros representando o Brasil no esporte. As chances de medalhas são boas, então vale à pena conferir.

Encontrei um video com uma edição de melhores momentos nos jogos de Atenas. Apesar de vez ou outra o áudio ficar mudo achei legal alguns momentos postados pelo autor e acho que é uma boa chance de quem nunca viu conhecer um pouco do esporte.

Abraços!

13 de agosto de 2008

Fragile Equality



Acabo de receber a MASTER do novo CD do almah. Estou realmente muito empolgado e entusiasmado. Mais do que isso, ansioso pra poder mostrar este trabalho a todo mundo.
É uma produção de altíssimo nível, mas como sou suspeito pra falar vou parar por aqui...
MEDO.
;)

12 de agosto de 2008

Regras dos homens

Recebi este email de uma amiga minha, com o texto: " Vocês são mesmo todos iguais". Rs...

Dei boas risadas e fiquei feliz de existirem pessoas criativas e com tempo livre suficiente para organizar as idéias do mundo masculino.

Colori de vermelho as que acho que realmente merecem uma atenção por parte das mulheres.

Aos amigos, boas risadas, às amigas, bom aprendizado. ;)

Totalmente educativo...

Sempre ouvimos as regras do lado feminino. Agora aqui estão as regras do lado masculino.
Estas são as nossas regras:

Observe... Elas são marcadas com o número “1” PROPOSITALMENTE !


1.
Peitos e bundas existem para serem olhados, e é por isso que olhamos. Não tentem mudar isso.

1.
Aprendam a manejar o assento da privada. Vocês já são bastante crescidinhas prá isso.Vocês são grandes garotas. Se ele está levantado, abaixem-no. Nós precisamos dele levantado, vocês precisam dele abaixado. Vocês não nos ouvem reclamar quando vocês deixam o assento abaixado.

1.
Sábado = futebol. É como a lua cheia ou a mudança das marés. Não se muda isto.

1.
Fazer compras NÃO é um esporte. E não adianta, nós nunca vamos pensar do outro jeito.

1.
Choro é chantagem.

1.
Peçam o que vocês querem. Vamos deixar isso bem claro:
Dicas sutis não funcionam!
Dicas grosseiras não funcionam!
Dicas óbvias não funcionam!
APENAS PEÇAM O QUE QUEREM!

1.
‘Sim’ e ‘Não’ são respostas perfeitamente aceitáveis para a maioria das perguntas.

1.
Tragam-nos um problema se querem ajuda para solucioná-lo. É o que nós fazemos. Para solidariedade existem as amigas.

1.
Dor de cabeça que já dura mais de 17 meses é um problema. Consultem seu médico !

1.
Tudo aquilo que nós dissemos há 6 meses não será admitido como argumento. Aliás, todos nossos comentários se tornam nulos e sem efeito após 7 dias.

1.
Se vocês acham que estão gordas, provavelmente estão mesmo. Não perguntem isso pra nós.

1.
Se algo que dissemos pode ser interpretado de duas formas, e uma delas deixa vocês tristes ou magoadas, entendam: nós falamos com o significado da outra forma.

1.
Vocês podem escolher: ou nos peçam algo, ou nos digam como deve ser feito.
Nunca as duas coisas.
Se vocês já sabem qual é o melhor jeito de fazê-lo, simplesmente façam.

1.
Sempre que possível, por favor, digam o que precisam dizer durante os comerciais.

1.
Pedro Álvares Cabral não precisou de orientações. Nós também não precisamos.

1.
TODOS os homens enxergam em 16 cores, como o padrão do Windows.
Pêssego, por exemplo, é uma fruta e não uma cor. Abóbora também pertence ao reino vegetal.
Nós não temos idéia do que é fúcsia.

1.
Se algo pinica, será coçado. Nós fazemos isso.

1.
Se perguntarmos o que está errado, e vocês responderem “nada”, nós vamos agir como se nada estivesse errado. Nós sabemos que é mentira, mas não vale a pena discutir por isso.

1.
Se vocês fazem uma pergunta e não querem ouvir a resposta, estejam preparadas para ouvir o que não querem.

1.
Quando temos que ir a algum lugar, qualquer coisa que estejam vestindo estará ok. De verdade !

1.
Não nos perguntem o que estamos pensando, a menos que estejam prontas para discutir assuntos como:
Sexo,
Futebol, ou
Carros

1.
Vocês tem roupas suficientes.

1.
Vocês tem sapatos demais.

1.
Eu estou em forma. Redondo é uma forma.

1.
Obrigado por ler as nossas regras; Sim, eu sei, hoje vou ter que dormir no sofá, mas sabe, os homens realmente não se importam com isso, é como acampar.

11 de agosto de 2008

Filosofia de Buteco 1

Os ensinamentos do Superman I (O Filme)




Sobre ser/parecer deslumbrado, ou coisa parecida:

Um pássaro, que em sua condição de ave, consegue voar, jamais deve se limitar a andar sobre os pés como os outros animais, apenas pelo medo de ser julgado prepotente ou deslumbrado com o que a sua vida lhe permite.

E era isso!

9 de agosto de 2008

Update!


Sou o mais novo endorsee da Ibox.


Recebi diversas correias do tipo clip-lock, suportes e pedestais, todos muito bem feitos e com excelente qualidade. Esse material tem sido de extrema importãncia em meus shows com o Almah.


Outro dia recebi um email da empresa avisando que o site novo estava no ar e já com a minha página!




Total Guitar em Fortaleza!

Tinha ficado de postar uma foto do curso Total Guitar que ministrei em Fortaleza no mês passado para 30 alunos.

Como mencionei em outro post fiquei muito feliz em poder compartilhar um pouco do que sei com essa turma e espero revê-los em breve, todos destruindo na guitarra.

Independente de tudo que eu poderia passar em sala de aula pra qualquer aluno, fica aqui a maior dica quie posso dar: Não desista nunca d0s seus sonhos, do que você acredita... O resto se ajeita sozinho.

Abraços a todos vocês!


4 de agosto de 2008

Pegando fôlego...

Bom, como antes mencionado, as minhas últimas semanas foram deveras complicadas. cheias de viagens, ensaios, gravações, aulas pra repor etc etc etc...

Ontem por exemplo vi meu pai depois de mais de dois meses sem vê-lo. Como o último show que tínhamos marcado com o Almah antes do lançamento mundial do Fragyle Equality aconteceu sexta no Porão do Rock, acredito que até dia 20 de setembro (data marcada para o lançamento) terei apenas minhas 9437 tarefas normais do dia-a-dia. Neste clima de volta a uma rotina louca mas não tão louca assim acabei vendo e re-vendo algumas coisinhas aqui que gostaria de compartilhar com vocês.

Primeiro de tudo, só agora assisti um filme que se tornou de cara um de meus favoritos.

George Clooney ataca de ator mas também de diretor neste filme e foi nesta posição que ele mais me impressionou. Achei genial, soberbo. A história é demais, mas a forma que ele achou de conta-la, com um humor a la Tarantino mas com uma personalidade própria me deixou realmente empolgado. Recomendadíssimo.

Falando em diretores famosos, ganhei o DVD do show dos Stones dirigido pelo Martin Scorsese. Sei que tem gente que vai me odiar opor isso mas nunca fui fã dos Stones. Respeito a carreira obviamente, acho muito legal a contribuição pra história do rock mundia e bla bla bla, mas pouquíssimas músicas me agradam. Não consigo acreditar que alguém pode comparar a música feita por eles à feita pelos Beatles por exemplo. Mas isso é outra discussão. O fato é que o filme é bem bacana e MUITO bem feito. Achei o repertório mal escolhido de uma maneira geral, mas só a iluminação do show já é um espetáculo à parte.



Como tive show também no sábado acabei perdento tanto o sow do Satriani quanrto do Muse aqui em Brasília. A bem da verdade, se eu não estivesse rabalhando possivelmente iria ao Muse, já que já vi o Satch algumas vezes ao vivo. Talvez por uma questão de caridade, ganhei de presente também o novo CD do Satriani: " Professor Satchafunkilus And The Musterion Of Rock" Ainda não o ouvi mas pretendo faze-lo ainda essa semana. Como é bom ganhar presente de surpresa né? ;)


Pra finalizar vou postar o clipe de uma música do Foo Fighters que eu gosto muito e ouvi diversas vezes ontem. Além da música ser demais e ter um puta som o clipe me deixa sempre de queixo caído. Um dos meus favoritos atualmente...




E era isso...

30 de julho de 2008

Letras 21

“Escolha um trabalho que você ame e não terá que trabalhar um único dia em sua vida.”

(Confúcio)

Cerrrrrrrto.......

28 de julho de 2008

E agora, quem poderá nos defender?

Se o Batman bate na mãe imagina a perversidade do próximo vilão...

MEDO.

http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2008/07/080722_baleincidentefn.shtml

Vida louca!

Fala galera! Estou meio sumido mas não por falta de vontade de secrever.

Tenho muito o que contar. Há mais ou menos duas semanas fui pra SP na terça-feira um dia antes do show no Anime Friends (que por sinal foi demais.) Ensaiamos os dois dias, tiramos as fotos para a capa do CD do Almah, acompanhei um pouco a mixagem do CD e gravamos uma entrevista para o canal 21 se não me engano.

Na quinta de manhã, logo cedo, peguei o primeiro vôo pra Brasília, para fazer um último ensaio com o Khallice antes de ir no dia seguinte, sexta-feira, pra Fortaleza, tocar no Forcaos.

Fiz a sexta no Forcaos com o Khallice, o sábado no teatro do BNB com o meu trampo instrumental e ministrei na terça e na quarta um curso de 12 horas/aula para uma turma de 30 alunos muito divertida e interessada. Foi show de bola e acho que todos curtiram bastante. Além disso aproveitei para rever amigos e passar um pouco de tempo ao lado de pessoas queridas.

Na sexta voei de volta para Brasília para tocar com a Zero10 na sexta no Café Cancun e no sábado no bom e velho UK Brasil.

Estou um caco... mas tá valendo muito à pena.

Amanhã recebo meus parceiros de Almah para os ensaios para o Porão do Rock que acontece na sexta. Assim que a coisa ficar mais calma posto alguns fotos e maiores detalhes sobre as viagens.

P.s. O CD do Almah tá ficando MUITO porrada. Aguardem! ;)

17 de julho de 2008

Khallice e MB em Fortaleza!

Bom, já era pra eu ter divulgado isso aqui há muito tempo, mas acabo de chegar de Sampa, aonde fui fazer um show com o Almah no Anime Friends e também uma entrevista para a TV e ainda as fotos da capa do CD Fragile Equality.

Esse final de semana estarei em Fortaleza, tocando na sexta com o Khallice em mais uma edição fo FORCAOS, Festival super tradicional que ocorre uma vez por ano, na mesma época em que ocorre o Fortal.

No sábado estarei apresentando um show de guitarra instrumental, no III Festivan BNB da música instrumental, com os meus parceiros do Khallice como banda de apoio.

Já na terça e na quarta, estarei ministrando um curso de 12 horas de duração (6 poir dia) para os guitarreros de plantão.

Abaixo segue a divulgação dos eventos, conto com a presença de vocês por lá heim...

Abraços!

14 de julho de 2008

Bate Papo 9

Moreno com 4 anos...

Moreno: Você conhece aquele meu amigo do colégio, o "Fulano"....

Pai: Acho que sim, ele tava na festa junina né?

Moreno: É... ele queria ser um gato... heheheheheh e a "Cicrana" queria ser um porquinho...hahahahaha

Pai: É mesmo Moreno? E você? O que queria ser?

Moreno: Eu queria ser "pessoa" mesmo....


Nada como alguém que tão cedo, já é o que quer ser. Rs...

;)

8 de julho de 2008

+1

Uma das vantagens de fazer viagens longas pra tocar é que dá pra colocar a leitura em dia.

Ps. Lance Armstrong (braço forte) é o cara!




7 de julho de 2008

Se eu fosse você eu lia...

A lei seca e o direito de locomoção de todos nós

Rizzatto Nunes
De São Paulo

Dou hoje minha opinião, que será estritamente jurídica sobre a atual lei seca que está dando o que falar. Deixo claro desde logo que, sinto-me bastante à vontade para tratar do assunto do modo como farei, porque na minha coluna de 04 de fevereiro deste ano, aqui publicada, tinha elogiado a posição do Governo Federal em proibir a venda de bebidas alcoólicas à beira das estradas, como continuo acreditando que é preciso ir além: penso que de deve proibir a venda desse tipo de bebida em supermercados, permitindo a venda apenas em locais específicos e autorizados em que só entrem maiores de idade; penso também que deve ser proibida toda publicidade de bebidas alcoólicas etc. O Estado deve mesmo fazer algo, mas sempre respeitando as garantias constitucionais de um verdadeiro Estado de Direito.

Quando era estudante da graduação em Direito na PUC/SP, nos idos dos anos setenta, sonhava - todos nós sonhávamos - um dia ver a democracia real instituída no Brasil.

A ditadura acabou, vieram as eleições livres e diretas e ficamos esperando. Quando surgiu a Constituição Federal de 1988, nossa esperança aumentou: afinal era o melhor, mais democrático, mais livre e mais claro e extenso texto de garantias ao cidadão jamais estabelecido antes por aqui. Uma luz verdadeira se acendia dentro do túnel.

Muito bem. O tempo passou e se percebe que ainda é difícil estabelecer-se um real Estado Democrático de Direito. Como estudante de direito já há 33 anos ficou triste e até, diria, um pouco descorçoado.

É incrível como o Poder, em todas as esferas, viola com seus procedimentos as garantias constitucionais. Foi-se a ditadura, mas permaneceu a mentalidade profundamente enraizada do autoritarismo.

As ações policiais, por exemplo, muitas vezes parecem ter como técnica de controle e investigação apenas e tão somente o espalhafatoso instrumento das blitze, que normalmente produzem muito pouco resultado além do espetáculo e de atrapalhar a vida dos cidadãos, que já têm muita dificuldade de se locomover pelas ruas das cidades.

Veja o caso da atual e chamada lei seca e das ações praticadas contra os cidadãos de bem. A pessoa é parada na via pública pela polícia, apenas e tão somente porque acabou de sair de um restaurante. Pergunto: qual o elemento objetivo e legal que permite esse tipo de abordagem? Nenhum. Não há suspeita, não há comportamento perigoso, não há desvio de conduta nem manobra capaz de causar dano a outrem.

Há, apenas, o fato de estar dirigindo um veículo após ter saído de um estabelecimento comercial ou nem isso: apenas porque está passando naquele local naquele momento. Isto é, trata-se de uma circunstância corriqueira de exercício da cidadania. Nessas condições a abordagem é ilegal. É assombroso, para dizer o mínimo.

De onde o Estado extrai o direito de evitar a locomoção de um pai de família que sai para jantar com sua esposa ou filhos? Ou com amigos, depois de um árduo dia de trabalho?
Dou exemplo de quando é possível a abordagem: se a pessoa entra cambaleando num veículo para dirigi-lo, eis o dado objetivo. Nesse caso o policial é testemunha ocular e tem o dever de agir. Ou, se o veículo faz zigue-zague na rua, é preciso pará-lo. Na verdade, se é para fazer blitz, então é muito mais simples manter policiais em cada porta de bar, danceteria, boate, discoteca, rave ou o que seja e impedir que o ébrio entre no veículo.

Mas, se a pessoa está na rua livremente, apenas exercendo seu direto de locomoção assegurado constitucionalmente, não pode ser abordado e nem se lhe pode impingir conduta que ele não se disponha a fazer, sem base objetiva para tanto, como por exemplo, exigir o teste do bafômetro.
Eu digo isso, apenas e tão somente porque as leis não estão sendo cumpridas. Vamos a elas, então.

Em primeiro lugar, leia a nova redação do artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB): "Art. 306. Conduzir veículo automotor, na via pública, estando com concentração de álcool por litro de sangue igual ou superior a 6 (seis) decigramas, ou sob a influência de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência".

Muito bem. Trata-se de um crime de perigo, mas perigo concreto real, ao contrário do que as autoridades policiais estão adotando. O Professor Luiz Flávio Gomes, em artigo publicado no site Migalhas, deixou clara qual deve ser a interpretação do referido dispositivo.

Diz ele que não basta ter ingerido certa quantidade de álcool. É preciso também estar sob influência dele. Isso porque, conforme ensina o professor, a segunda parte da regra legal ("sob influência de qualquer outra substância...") deve valer também para a primeira parte que trata do álcool. E ele está certo, pois a disjuntiva "ou" remete o conteúdo da segundo parte do texto à primeira parte.

Dou também outra razão: a própria lei 11.705 que alterou o CTB assim o diz. O seu art. 7º alterou a lei 9.294/96 modificando a redação do art. 4º-A dessa lei, que passou a ter a seguinte dicção: "Art. 4º-A Na parte interna dos locais em que se vende bebida alcoólica, deverá ser afixado advertência escrita de forma legível e ostensiva de que é crime dirigir sob a influência de álcool, punível com detenção." (grifei)

Pergunto: o que significa "estar sob influência"? O professor Luiz Flávio Gomes responde: estar sob influência exige a exteriorização de um fato, de um plus que vai além da existência do álcool no corpo.

No caso em discussão, esse fato seria a direção anormal. No exemplo que dei acima, a direção em zigue-zague. Caso contrário, como diz o citado jurista, estar-se-ia violando o princípio constitucional implícito da ofensividade, pois a mera ingestão de álcool sem significar perigo concreto ainda que indeterminado, geraria tipo penal de um crime abstrato, algo inadmitido no direito.

E, em reforço lembro, citando mais uma vez o professor, que para a caracterização da infração administrativa, o art. 165 do CTB, também alterado, dispõe: "dirigir sob influência do álcool". Logo, se para a mera infração administrativa (que é o menos) há que se constata influência, para o crime (que é o mais) com muito maior razão.

Pergunto agora: Pode a polícia parar o veículo e submeter toda e qualquer pessoa ao exame do bafômetro? A resposta é não e por vários motivos. Primeiro, porque para abordar qualquer cidadão é preciso lei que autorize ou dado objetivo que permita. O direito de locomover-se livremente é assegurado constitucionalmente (Art. 5º, XV, CF).

Segundo, porque ainda que o motorista tenha ingerido álcool, isso não basta, pois deve se poder constatar um fato objetivo que gere perigo concreto, real decorrente de sua influência.

Terceiro, porque ninguém está obrigado a produzir provas contra si mesmo. Se em algum caso, puder se constatar a influência do álcool por elementos exteriorizados objetivamente, então, nesse caso, a prisão há de ser feita com base em testemunhas e não mera suspeita infundada do policial ou por ordem direta de seus superiores que criaram uma suspeita em abstrato e geral.
Porém, digo mais. Guardados os limites de cada caso de abordagem, pode se dar outro crime: o de abuso de autoridade. A lei 4.898 define os crimes de abuso de autoridade (ironicamente é uma Lei do período autoritário: 09 de dezembro de 1965). Dentre eles, destaco o atentado à liberdade de locomoção e o atentado à incolumidade física do indivíduo (art. 3º, "a" e "i").

É um crime doloso, que demanda ânimo de praticá-lo e pode se dar também por omissão, como demonstram, as várias decisões judiciais condenando administradores públicos em geral elencadas pelos Profs. Gilberto e Vladimir Passos de Freitas no livro "Abuso de Autoridade" (Publicado pela Editora Revista do Tribunais, 9ª, ed, SP:2001).

Assim, se o indivíduo não está praticando nenhum delito, a autoridade fiscal ou policial não pode levá-lo preso. O crime pode estar sendo cometido tanto pela autoridade que lhe prende, como pela que não lhe solta. É possível, pois, processar a autoridade pelo crime de abuso.

No assunto atual das blitze de lei seca, pode surgir uma dúvida em relação à quem está praticando o abuso, pois o policial civil ou militar está cumprindo ordem superiores. Nesse caso, se a ordem não é manifestamente ilegal, quem comete o crime é o comandante da operação ou seus superiores, que pode chegar até mesmo ao Secretário de Estado responsável, pois desses se espera o cumprimento estrito do sistema constitucional em vigor.

De todo modo, deixo anotado que o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, disse com todas as letras que "sendo exigível dos agentes da lei o conhecimento da garantia constitucional de que ninguém, salvo o flagrante, pode ser detido e preso a não ser por ordem da autoridade judiciária competente, seu descumprimento configura abuso de autoridade manifesto, que não exime de responsabilidade o superior e seus subordinados" (Decisão publicada na revista RJTJRS 170/138 e citada na obra dos irmãos Passos de Freitas).

O trágico nessa história é que, enquanto cidadãos de bem são abordados por policiais armados em alguns pontos das cidades, em outros pontos cidadãos de bem estão sendo assaltados por bandidos armados. Em comum a violência e o abandono.

Afora o fato de que esse tipo de blitz acaba deixando um rastro. Quando elas cessarem, porque cessarão, deixarão no ar a possibilidade da ilegal abordagem de quem quer que seja e, nesse momento, os policiais menos escrupulosos aproveitarão para "engordar o caixa". Mais um procedimento que facilita a corrupção. Outra coisa para se lamentar.

Não posso, como professor de Direito, depois de quase trinta anos de magistério, ficar tranqüilo com o que vejo. Aliás, nem eu nem ninguém que estude direito, porque ao invés de ver surgir o tão almejado Estado de Direito Democrático, o que assisto todo dia e cada vez mais é uso de um modelo de ação estatal que não tem na lei maior, infelizmente, sua base.

Rizzatto Nunes é mestre e doutor em Filosofia do Direito e livre-docente em Direito do Consumidor pela PUC/SP. É desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo. Autor de diversos livros, lançou recentemente o "Bê-a-bá do Consumidor" (Editora Método). Coordena um site voltado ao Direito do Consumidor e à Defesa da Cidadania, no qual tem seu blog: www.beabadoconsumidor.com.br

Fale com Rizzatto Nunes: rizzattonunes08@terra.com.br

6 de julho de 2008

ALMAH: Confira arte da capa de Fragile Equality


Irá se chamar Fragile Equality o novo álbum de estúdio da banda ALMAH, que tem previsão de lançamento para o próximo mês de setembro em âmbito mundial. O material conta com a produção de Edu Falaschi e Felipe Andreoli, tendo toda concepção gráfica assinada pelo renomado designer Gustavo Sazes (Abstrata Art & Design) que, dentre outros, realizou trabalhos similares para os artistas: Manowar, Kamelot, Gof Forbid e Firewind.


Em paralelo, o grupo continua agendando a primeira parte da turnê em suporte à Fragile Equality. Para maiores informações de como levar o ALMAH até sua cidade, basta enviar um e-mail para shows@msmetalpress.com e/ou mproducoes@hotmail.com.
 
Free counter and web stats