2 de outubro de 2013

Cool Things


Na época em que isso era considerado bacana eu mantinha este blog. Dentre os posts, costumava manter uma sessão chamada Cool Things, que postava momentos que considerava bacana. Desde um macarrão gostoso que comi até aquele show matador. Coincidentemente, hoje completa exatamente um ano sem postar nada por aqui. Interessante, não?

Tanta coisa boa tem acontecido que resolvi fazer um Cool Things gigante aqui. É sempre bom, serve como diário no futuro para lembrarmos o quanto somos sortudos de termos a vida que temos.

Os últimos 30 dias foram tão insanos, tão cheios de novidades e realizações que no momento em que escrevo este post temo esquecer de mencionar algo ou alguém.

Como sou uma pessoa produtiva sempre tem bastante coisa acontecendo em minha vida. Não saberia viver de outra maneira. Acontece que de tempos em tempos as atividades coincidem em um pequeno espaço de tempo, muitas vezes colidindo datas, prazos etc. Difícil dar conta de tudo e sigo ajeitando daqui, ajustando dali, tentando sempre o meu melhor. No início de setembro fechei um acordo de endorsement com uma das mais conceituadas marcas de guitarras do mundo. As guitarras Suhr são sonho de consumo de diversos músicos profissionais mundo a fora são consideradas verdadeiras jóias no que diz respeito a construção, hardware e madeiras. (Infelizmente, no preço também, rs) Estou realmente impressionado com o nível das guitarras que recebi e com certeza em breve teremos muitas novidades quanto a essa parceria. Agradeço o amigo Felipe Raposo pela confiança, parceria e amizade de tantos anos.

https://www.facebook.com/SuhrGuitarsBrasil



Na mesma leva fechei mais um contrato internacional, dessa vez com a francesa Two Notes. Mais uma parceira com produtos de ponta, aclamada em todo o mundo.

http://www.two-notes.com

Ok... juntamente a isso, terminei as gravações do novo album do Almah, que já está na fábrica e deve sair dentro de alguns dias. Estou muito feliz com os resultados e acredito que seja o melhor álbum que já gravei. O álbum será lançado simultaneamente na América do Sul, Europa e Asia. Aqui temos um video mostrando um pouco da produção:





Na seqüência, começamos os preparativos para o Rock in Rio. O nosso show foi no dia 19, junto com os gigantes Metallica e Alice in Chains. Chegamos um dia antes ao RJ para ensaiar, já que no Almah cada um é de uma cidade diferente.

O show foi emocionante. Participar de algo dessa magnitude é realmente uma honra e privilégio.


Após o show com a galera do Hibria.



Aqui vcs podem ver o show completo:





Enfim, Rock in Rio foi demais, mas foi na esma semana da tradicional Expomusic e eu já havia faltado a quarta e a quinta. Na sexta voei (literalmente) para SP para cumprir com os meus compromissos durante a feira. Abaixo uma entrevista e parte de um de meus workshops realizados na mesma.


me>




Na segunda, dia 23 retornei a BSB mas apenas para me preparar para mais uma importante atividade.
No sábado seguinte eu estaria participando do evento Brasil Guitarras em BH. Encontro de 10 guitarristas brasileiros no qual fui convidado a participar. As apresentações se deram em duplas e fui escalado pra tocar com o meu velho amigo Frank Solari. Uma prazer.

Por este motivo fui na quarta 25 para Porto Alegre ensaiar com ele e sua banda e na sexta voamos para BH, para ensaiar com os outros oito a performance final que englobava todos. Indiscritível a sensação de dividir o palco com nomes como Pepeu Gomes, Toninho Horta, Armandinho etc... Nomes que já faziam a história da guitarra brasileira antes mesmo de eu começar a tocar.



O ensaio na sexta durou até a madrugada e o clima era muito agradável. 








O problema é que o pessoal do Cifra Club havia me procurado para gravar mais uma video aula e conceder uma entrevista na manhã de sábado, antes da passagem de som, aproveitando que eu estava em BH. É claro que fui, missão dada é missão cumprida, certo?  Algumas fotos no studio do Cifra Club:




O show foo animal! 10 mil pessoas em praça pública vibrando com música instrumental de qualidade. Uma prova histórica de que não precisamos apenas de bundas de fora e letras vazias pra agradar o público e que a boa música tem sim ainda o seu espaço.

Durante o show.







Realmente, uma fase especial. Sinto-me grato por todas essas realizações.

Estamos iniciando outubro, apenas três meses para o fim do ano e sei que ainda há muito por vir.  Vou guardar as próximas novidades para um novo post. Vamos manter a mente leve e limpa e a disposição para o trabalho.Abraços!

4 comentários:

MarleyFerreira disse...

Pô que irado Marcelo! Acompanho seu blog há uns bons anos já e sempre achei a cool things uma das seções(sessões ...whatever) mais legais. Realmente blog hj em dia eh coisa de passado, depois do Facebook parece que tudo ficou no passado ;(

Natalia Gomes disse...

Oooh lindão,isso é apenas alguns dos muitos bons resultados que você ainda colherá,sua dedicação aliado ao seu talento não poderia ser diferente SUCESSO certo!!!... E que venham mais mais coisas posivitas.. LOVE YOU!!

Pedro Ivo disse...

Marcelo tive a oportunidade de estar no Tributo ao Brasil Guitarras e foi mesmo animal! Foi um grande prazer poder vê-lo tocar, ainda mais com Frank Solari, espetáculo incrível. Fiquei apaixonado pelo timbre de sua guitarra e beleza, não consegui reconhecer de imediato o logo, agora já sei( e sei que é bem salgado o preço...srsrsrs). Parabéns cara pela musicalidade,pela entusiasmo e carisma!

DiogoFoX disse...

Isso aí brother, tamo junto!

 
Free counter and web stats